quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Receita: Spaghetti ao molho marinara com almôndegas de frango recheadas



Que tal uma receitinha de almôndegas recheadas pra servir com Spaghetti? 

Receita das almôndegas:


1 Xícara e meia de farinha de rosca
1/2 xícara de leite 
1 colher (chá) de sal
pimenta do reino á gosto
500 grs de peito de frango moído
80 grs de queijo mussarela (cortado 16 em pedaços)
Cheiro verde á gosto
2 xícaras de óleo (para fritar)
3 xícaras de molho marinara (receita abaixo)
400 grs de spaghetti al dente

Modo de fazer:
Misture meia xícara da farinha de rosca com o leite e temperos, adicione o frango e mexa com a mão até ficar bem homogêneo, aqueça o óleo em uma frigideira alta em 350 º , enquanto isso, coloque em um prato o restante da farinha de rosca, separe a massa de carne em 4 partes e comece a trabalhar.... abra cada parte como se fosse um disco na palma da mão, adicione 4 pedacinhos de queijo dentro e feche com delicadeza, terminando arredondando a massa com a mão, e passe-as na farinha de rosca no prato e leve pra fritar no óleo já quente por mais ou menos 5 minutos, virando os bolinhos de vez em quando. Pegue uma assadeira e disponha papel toalha sobre ela, coloque os bolinhos sobre ela para que escorra a gordura, por cerca de 1 minuto. Retire o papel toalha e leve os bolinhos para assar em forno pré-aquecido em 200° por mais ou menos 15 minutos.
 Aproveite para cozinhar a massa em água salgada e fazer o molho marinara:

Receita do molho marinara:

3 colheres de azeite
1 colher de pimenta desidratada em flocos
sal á gosto
3 dentes de alho amassados
2kg de tomate italiano cozidos até desmanchar
Raspas de 1 limão

Modo de fazer:
Cozinhe os tomates italianos até desmancharem (pode sobrar uns pedaços) reserve.
Em uma panela misture o azeite, a pimenta, o sal e o alho e leve ao fogo para aquecer... não deixe o alho dourar demais, coloque o molho de tomate por cima e deixe ferver brandamente, acerte o sal. Desligue assim que estiver no ponto e despeje as raspas de limão.

Divida a massa cozida em 4 pratos, adicione o molho e 1 almôndega por cima de cada uma das porções.

Rende: 4 Porções ( Se quiser mais almondegas é só dobrar a receita)

Receita retirada Daqui


segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Downton Abbey 4° temporada - Contém Spolier

  Vou falar sobre uma série que tem sido febre na Inglaterra, Estados Unidos e em outros países, inclusive o Brasil... (contém spoiler da 4° temporada que ainda não está no ar por aqui)

No começo não dei atenção a série, achei que parecia ser muito monótona.... o que me levou a não assistir as 3 temporadas de Downton enquanto passou no GNT... mas resolvi assistir ao último episódio da 3° temporada e gostei. Decidi então baixar a 1° temporada e ver se era legal...e acabei me apaixonando! Vou colocar um resumo aqui pra quem não conhece:
No GNT:
O drama de época se passa na fictícia propriedade rural Downton Abbey, onde vivem os Crawley, uma família aristocrática, e seus criados. É nesse cenário e com esse elenco central que grandes acontecimentos históricos, pós-Edwardian, serão lembrados, envolvendo os personagens e criando toda a trama. Entre os eventos retratados na série, estão o naufrágio do Titanic, o surto da I Guerra Mundial e a pandemia de gripe espanhola.




Meu resumo das outras temporadas para contextualizar o assunto que quero abordar:

O Titanic afunda, morre o herdeiro de Downton (que iria se casar com Mary, filha mais velha do Lord Grantham) e o herdeiro mais próximo é um parente distante, advogado e que não vive no mesmo ambiente aristocrático, o nome dele é Matthew Crawley, que acaba se apaixonando por Mary que de inicio não é correspondido.... com o tempo Mary se apaixona por ele, mas as possibilidades de ficarem juntos fica um pouco remota, quando Matthew acha que Mary não se casaria com ele caso não fosse o herdeiro, e enfim, a Guerra chega... tudo muda em Downton por causa da guerra... nesse meio tempo, Sybil (a filha mais nova do Lord) se apaixona pelo motorista Tom Bransom, socialista revolucionário. Com o final da guerra, Sybil se casa com Tom ( a contra-gosto da família) e vão morar na Irlanda, país natal de Tom. Mathew quase casa com outra e Mary também, Lavínia a noiva de Matthew descobre que ele ainda ama Mary, desfaz o noivado e acaba morrendo de gripe espanhola, já o noivo de Mary, Richard, a chantageia dizendo que publicará em seu jornal um escândalo (do qual ela participa na primeira temporada), caso ela não se case com ele... no final, ela desiste de casar com Richard, Matthew consegue vencer o luto (e culpa que sente pela morte de Lavínia) e a pede em casamento. Sybil volta para Downton com Tom, que veio foragido da Irlanda por participar de manifestações e terrorismo, Sybil que estava grávida, dá a luz a uma menina, mas acaba morrendo logo em seguida devido a eclâmpsia.


O luto muda todos, inclusive Tom.... Mary que está super feliz e diferente, engravida, e no dia em que seu filho nasce, Matthew morre em um acidente de carro, tudo que estava tão perfeito desmorona e assim acaba a 3° temporada ( a última que passou no Brasil).

( A série também tem uma linda fotografia, os detalhes, os cenários, as filmagens e figurinos fazem toda a diferença)

******************************************************

A 4° temporada já estreou na Inglaterra, já se passaram 4 episódios, mas aqui no Brasil só passará no ano que vem... eu já assisti na internet e essa 4° temporada me surpreendeu muito.
O motivo dos 2 personagens Sybil e Matthew terem morrido não foi desejo do autor da série ( Julian Fellowes) foram os atores que quiseram sair para trabalhar em outros projetos... deixaram os fãs muito tristes pois o romance entre os dois casais era muito bonito.


Na 4° temporada, Lady Mary inicia-a muito triste, em profundo luto, depressiva e sem vontade de viver... mal vê seu filho. Já Tom, cuida muito de sua menina e está tentando também superar o luto pela morte de sua esposa Sybil, e ele acaba ajudando Mary a se levantar do luto, já que agora ela é a viúva-herdeira de Downton e ele quer que ela ajude na administração, ele se tornou o gerente do lugar.


Foi assim, nos 4 episódios que já se passaram nessa temporada, que ví uma luz no fim do túnel.... os dois formam um lindo casal e tem uma química super interessante juntos, mais até do que tinham com os respectivos pares já falecidos.... Mary confia no que Tom diz, e exige respeito por ele de todos, mesmo ele vindo de uma classe inferior.... 


Já Tom, respeita Mary como nunca o ví respeitar ninguém, tem um cuidado grande com ela e luta para levantá-la do luto em que se encontrava, seus olhos brilham quando isso acontece...


Para mim, será difícil encontrar um substituto á altura de Matthew para Mary, e até agora Tom seria o ideal. Ele tem o coração bom como de Matthew, ama família, é um paizão e está disposto a ajudar Mary no que for preciso sem se importar com a fortuna dela. Mary também seria uma das poucas mulheres que olhariam para Tom sem reprovação, Matthew mudou Mary para uma pessoa melhor, o que ela busca agora em um homem não é a segurança financeira, é a segurança de felicidade, paz conjugal, cuidado da família, ela quer um amor de verdade e não apenas uma união de interesses como antes.
A química entre os dois é nítida somente nessa 4° temporada, quem assistiu somente as anteriores não irá ver sentido no que digo, parece anos luz de distância, mas quando assistir, tenho certeza que a concepção mudará, eles estão diferentes...

Mas aí, o que acontece? Os atores e o autor dizem que seria estranho um relacionamento entre os dois, que são como amigos-irmãos que entendem a dor do outro, pelo fato de serem cunhados (Tom era casado com Sybil, irmã mais nova de Mary).... isso me deixou um pouco frustrada, aliás, muito...
E isso, gera expectativa nos telespectadores e amantes da série, e mesmo dizendo que não haverá nada entre eles eu acredito que isso vai acontecer,  talvez não nessa temporada, mas na próxima. Acredito que com essas cenas "doces" entre os dois, queiram nos preparar para aceitar que vão acabar se apaixonando de verdade com o passar do tempo e que no final fiquem juntos...


Vejam essas imagens:


Uma recepção de olhares mútuos....

Legenda + cara de surpresa feliz = Não precisa de muitas explicações

                                                                                             



                 


Os dois se compreendem muito, essa cena foi muito divertida e essa troca de olhar entre os dois foi muito fofa! Em todas as cenas de Downtom  onde há essa troca de olhar delicada e com admiração se passaram com pessoas que se tornariam casais depois... Mary e Matthew, Sybil e Tom, Anna e Bates... não acredito que os diretores seriam tão insensíveis de gerar cenas que criaram expectativas e comentários em todo mundo ( o que demonstra que os fatos levaram a acreditar nessa tendência por muitos) e depois excluí-la... isso não costuma ser do feitio dos ingleses....



Tom ensinando mais á Mary sobre sua propriedade, senti Mary desarmada e confiante em Tom



Mary demonstra confiar em tudo o que Tom diz, mas Tom faz questão de mostrar que ele quer que ela pense por si mesmo, ele explica tudo para ela, mas quer que a mesma tome as decisões que achar melhor, isso me faz lembrar do príncipe Albert e da rainha Victória. Ao longo da 4° temporada veremos Mary perguntando para Tom várias vezes o que ele está pensando, fazendo, o que ele acha de certos assuntos... eu achei isso muito parecido com o dia-a-dia de um casal que se entende e é feliz, embora Mary acabe tendo a cabeça embaralhada por "pretendentes" que surgem do nada durante a serie!







Uma olhada forte e confiante para Tom, logo após seguir os seus conselhos.... foi como se estivesse orgulhosa de si mesma e querendo mostrar isso á ele.


Ao meu ver, Tom olha com admiração secreta para Mary...ele está muito preocupado com o coração dela. Eu amo produções inglesas e eles são muito sutis, geralmente quando dão a entender algo, realmente aquilo é aquilo mesmo... eles costumam usar olhares, um simples toque, um aperto de mão para denunciar os sentimentos dos personagens... 

Tom poderia ensinar Mary a demonstrar seus sentimentos... e ser um ótimo pai para George



"- O furacão chegou! "
"- oh-ow!"
Essa menininha é uma princesinha... morri com essa cena,  a coisa mais doce que já vi... Mary entra e encontra Tom brincando com as crianças no chão...ela fica admirada de ver sua paixão em estar cuidando deles....


Essas duas fotos saíram com essa nova temporada e tem circulado na rede... e eu acredito que esse seja o final feliz de Downton Abbey: Um romance puro e sincero, uma família restaurada e feliz! 
Que homem daquela época aceitaria o filho de outro com tanto amor? Era raro... mandavam para internato enquanto construíam uma nova família... com Tom isso jamais aconteceria, ele amava Matthew como um irmão e com certeza cuidaria de George como o próprio filho... (aliás no 5° episódio o veremos em uma cena brincando com as duas crianças no chão, e Mary entra no quarto ), temos que desejar para Mary não somente um par amoroso agora, precisamos incluir que George precisa de um bom pai também.
O trama de romance entre os dois daria muito pano para manga, primeiro porque ao se dar conta da paixão, os dois ficariam encabulados, lutariam contra esse amor, tentariam encontrar uma outra pessoa, morreriam de ciúmes um do outro, os dois tem opinião forte, imagina quantas brigas calorosas poderíamos ver? Precisamos de emoções fortes (e boas) em Downton porque está em falta, um bom romance sem certo drama não tem muita graça! Será que é esperar muito dos ingleses?



Acredito também que a série jamais faria uma fotografia dessa com o casal e filhos se não tivesse a intenção de torná-los  assim, e essa outra acima, mais explicita impossível (saiu num ensaio fotográfico de uma revista)!
 É por isso que tenho a esperança que mesmo que nessa temporada eles encontrem outros amores, com o tempo vão se apaixonar, lutar contra essa paixão e por fim se render e terem o seu final feliz, que afinal, os dois merecem!
Batizado da pequena Sybil, Tom pediu a Mary que fosse a madrinha.....

Eu não quero perder você Tom! Diz Mary quando ele diz que pretende se mudar para a América... "Você já fez um começo aqui!"

Óh Mary, não me diga isso.... não dessa maneira.... (ok, ele não disse nada, apenas olhou pra ela sem reação)


Tom diz que seu irmão é rústico, como um diamante bruto.... ela gentilmente diz que gosta muito de diamantes....ele sorri, contente com a resposta... 


E aí, o que você acha? Acredita num romance futuro entre os dois ou acha que encontrarão pares melhores?

OBS update: A série está de volta no GNT toda quinta ás 23:00 horas, eles estão reprisando todas as temporadas anteriores para começar a 4° em breve!

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Desfiles Europeus verão 2014: Chanel

Como sempre, o famoso e quase secular corte das roupas Chanel se manteve em mais uma temporada... os materiais usados tb...vou ser sincera em dizer que não gostei de todas as peças da coleção, uma ou outra surpreendeu mas não me fez suspirar e babar. A coleção parece muito ser inspirada nos anos 20, embora toda a mídia insista que todas as coleções européias estão com a tendência no esportivo.. até ví isso sim em vários desfiles, mas no de Chanel o que mais me chamou a atenção são os modelos de vestidos que ao meu ver, relembram a época de 1920. Confiram algumas das peças desfiladas e tirem suas próprias conclusões!
Uma das coisas que mais me chamou a atenção, foi a escolha de cores... essas peças em cinza com certeza são as minhas favoritas... reparem no corte de cabelos, meias e corte das roupas: Anos 20 total

Nessas peças vemos a ousada mistura do clássico com esportivo (vi somente em umas 5 ou 6) , a moda jovem, inspirada nas colegiais! As cores foram uma inovação pra mim, sempre acho as roupas da Chanel, pelo menos as desfiladas, muito monocromáticas, como vcs podem ver a cartela de cores usada nessa coloção é bem variada, vai de tons pastéis, aquerelados até tons fortes em materiais mais pesados.... 

E aí, o que vocês acharam do Desfile Chanel de verão? Usariam alguma peça? Gostaram de alguma ideia? Eu com certeza adotaria peças como essas em tons de cinza da primeira imagem, gostei bastante do comprimento das saias e se a moda pegasse (não quero ser a única louca) eu usaria sim uma meia fininha com um scarpin... isso já é usado há muito tempo lá na Europa, acho delicado e feminino e como tenho a canela fininha e muito frio nos pés, certamente não seria problema!!! hehehehehe, mas sei que certas coisas não pegam de jeito nenhum por aqui e infelizmente, acho que usar essas meias possa ser uma delas....

Comente pelo face